31 de mai de 2011

Oficina "Mídia e as relações socioambientais"

Mais contribuições ao nosso banco de imagens

A participante Vera Maria Hoffmann nos presenteou com algumas imagens de sua participação no EDEA e também com um depoimento emocionado.

Muito obrigado!

Em primeiro lugar quero parabenizar a toda a equipe que organizou este GRANDE ENCONTRO. Vivemos momentos de grandes aprendizagens e muitos diálogos. Quero também, agradecer o carinho e atenção que recebemos por parte de todos mas, em especial aos professores do curso de especialização em EA à distância. Os momentos aí vividos ficarão pra sempre na memória. Aproveito para enviar algumas fotos do Encontro, sendo essas: apresentação de pôster; oficina de plantas medicinais, grupo do Polo SAP no Cassino, presente que recebemos das professoras Elisabeth e Lúcia, que nos levaram para conhecer Rio Grande e sua História.

Vera Maria Hoffmann
Aluna do curso de especialização em EA - Polo SAP









Imagens gentilmente cedidas por Vera Maria Hoffmann.

Certificados

Comunicamos novamente que os certificados ficarão prontos no prazo médio de 90 dias e que serão entregues em casa, via Correios, através do endereço disponibilizado na ficha de inscrição.


Atenciosamente, 
Comissão Organizadora.

25 de mai de 2011

EaD da FURG promove encontro do curso de especialização em Educação Ambiental

Aconteceu, no dia 14 de maio, um encontro presencial dos cursistas da especialização Lato Sensu em Educação Ambiental a distância da FURG. O evento teve início às 8h30min no Campus Carreiros da FURG.
O objetivo desse encontro foi reunir os estudantes do referido curso de todos os polos e os professores a fim de discutir questões referentes ao andamento do curso como, por exemplo, a avaliação, as atividades semanais, a orientação de projeto de Ação Ambiental, entre outras.
No turno da manhã, as professoras Claudia Cousin, Luciara Bilhalva Correa, Dione Kitzmann e a coordenadora do curso, professora Elisabeth Schimidt, apresentaram um guia com informações sobre como realizar um projeto. Logo após, o grupo se deslocou até o prédio da SEaD, no qual foi realizado um almoço.
No turno da tarde, os participantes do encontro fizeram uma roda de conversas para discutir diversos assuntos, entre eles estava a realização das atividades durante o curso. Depois, os professores se reuniram com os seus orientandos para organizar os detalhes de cada projeto de ação que os cursistas terão que desenvolver no segundo semestre de 2011.
De acordo com a coordenadora do curso, Professora Dra. Elisabeth Schimidt, o evento foi de grande relevância, pois, além de reunir todos os envolvidos com o curso – o que proporcionou uma troca de aprendizados bastante intensa –, conduziu, também, as discussões sobre os projetos de ação dos estudantes. "Esse encontro é de suma importância para todos nós, pois nos permitiu discutir como serão os projetos de ação de cada estudante, uma vez que orientar a distância é uma nova modalidade e requer muita atenção, para que o aprendizado seja feito em sua totalidade", enfatizou a coordenadora.


Fonte: Site da SEaD FURG

24 de mai de 2011

Certificados

Comunicamos os(as) participantes do 3º EDEA que os CERTIFICADOS do evento ficarão prontos no prazo médio de 90 dias. Tão logo os documentos estiverem disponíveis, serão encaminhados para os endereços colocados nas fichas de controle de presença preenchidas durante os três dias de atividades.

Atenciosamente,
Comissão Organizadora.

21 de mai de 2011

Retorno das Fichas de Avaliação do 3º Encontro e Diálogos com a Educação Ambiental


Primeiramente, a Comissão Organizadora gostaria de agradecer a todos e todas que contribuíram com a "avaliação" do EDEA, entregando as suas fichas com interessantes retornos. Com estas informações podemos visualizar o que cada um/uma percebeu do Evento e, com as indicações, a próxima Comissão Organizadora contará com preciosas informações para construir a sua proposta. Foram entregues 55 fichas de avaliação em um total de aproximadamente 100 distribuídas. Os indicadores quantitativos podem ser visualizados nos gráficos abaixo.




Já em relação às contribuições que cada um/uma aportou "por escrito", em uma perspectiva qualitativa, podemos citar as seguintes informações:

Em relação à Infra-Estrutura, todas as menções são positivas em relação ao CIDEC/SUL.
A única ressalva a se fazer é a indicação de aglutinar todas as atividades em um mesmo lugar, item que contou com sete indicações.

Em relação à Asa Norte, as indicações podem ser associadas à Programação, tendo em vista elogiarem a participação dos Movimentos Sociais e as Exposições Permanentes. A valoração positiva das participações dos grupos conta com 8 indicações. Ao mesmo tempo, pode-se perceber o interesse dos participantes pela modalidade Roda de Diálogos, o que se pode inferir a partir das nove indicações.

Em relação às apresentações musicais, três participantes mencionam a possibilidade de inserir esta atividade ao longo das atividades no turno da tarde, articulando-a as demais atividades.

Algumas outras interessantes contribuições, não se referem aos itens apontados na ficha de avaliação. Contudo, são aportes fundamentais para a qualificação da proposta do EDEA. Dentre elas, pode-se citar a utilização de canecas (4 indicações); o convite a egressos  e a participação de professores do PPGEA (2 indicações); a inserção de lanche vegetariano no CaféCult (2 indicações); e a criação de um Grupo de Trabalho - GT, para consolidar o caráter propositivo do EDEA, com 1 indicação.


Todas estas informações são de fundamental importância à qualificação da proposta do Encontro e Diálogos com a Educação Ambiental. Mais uma vez, obrigado!


Atenciosamente,
Comissão Organizadora do 3º EDEA

17 de mai de 2011

Oficina Dança Circular e Educação Ambiental um diálogo em movimento

A Mestranda Carmen Etel da Silva comandou a atividade na manhã de sexta-feira (13/05). A oficina, que contou com a participação de 8 inscritos, trouxe a sensibilização pela educação e pela arte e a conscientização dos cidadãos para serem agentes de sua diversidade cultural, despertando o interesse pela dança a partir da observação da sua similaridade com os movimentos da natureza.

Fotos: Exposição Marés - águas e feminilidade















15 de mai de 2011

Foto: Grupos de Proteção Animal

Créditos: Swami Fonseca

Esta imagem chegou através do nosso email edeafurg@gmail.com, como sugestão da colaboradora Swami Fonseca:

"Primeiramente gostaria de dar os parabéns a toda a equipe do EDEA pelo excelente evento que oportunizou uma diversidade de diálogos e aprendizados. Um destes diálogos foi a abertura para o movimento de proteção animal, que buscou fazer um trabalho de conscientização com os participantes do evento, problematizando a relação humano/não-humanos/ambiente sob a ótica da solidariedade e da sustentabilidade ambiental."

Muito obrigado pela colaboração, Swami!
Se você participou do EDEA e também gostaria de compartilhar uma foto, encaminhe-a para o email edeafurg@gmail.com, que a publicaremos aqui no Blog.

Livros Verdes no EDEA

Créditos: Blog do LAPIS

Quer saber mais sobre os Livros Verdes? Então acesse o Blog do Laboratório de Problematização e Intervenção Socioambiental.

Fica aqui nosso muito obrigado aos participantes desta Mostra:
- Profa. Virgínia Machado
- Karine Sanchez
- Cinara Karan
- Danieli Formentin
- Júlia Witt
- Dayse Pinto
- Aline Menezes
- Washington Ferreira
- Carolina do Nascimento 

14 de mai de 2011

Mande sua foto

Contribua com a construção do acervo de imagens do 3º EDEA, enviando sua foto para edeafurg@gmail.com.

Foto: Rafael Dias

EDEA reúne mais de 400 inscritos

Mais de 400 pessoas participam na Universidade Federal do Rio Grande – FURG do 3º Encontro e Diálogos com a Educação Ambiental, promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Educação Ambiental. Na tarde desta quinta-feira, 12, a mesa-redonda “Semeando ideias, colhendo diálogos", tema central do evento, teve a participação dos professores da Universidade da República (Udelar-Uruguai) Gabriel Picos, Mariana Mendy, Walter Norbis e Alicia Migliaro. 


Também da Udelar, a professora Ana Dominguez fez a conferência de abertura, na tarde de quarta-feira, 11, com o tema "Desafios atuais da educação ambiental". O evento segue até sábado, 14, no Cidec-Sul, Campus Carreiros, com mesas redondas, palestras, oficinas, exposições, momentos culturais, apresentações de trabalhos e saída de campo.

Conferência de Abertura com a Profa. Ana Dominguez (Uruguai)


3 profissionais fizeram a tradução simultânea para Libras.

12 de mai de 2011

ANAIS DO 3º EDEA

Já está disponível para download os ANAIS do 3º EDEA. Quem tiver dificuldade para baixar o arquivo, basta seguir este Tutorial, a partir do passo 3.

10 de mai de 2011

Pré-EDEA! Matéria divulgada no Jornal Agora

A edição online do Jornal Agora destaca a realização do 3º EDEA. Abaixo, confira o texto na íntegra:

Furg discutirá crises ambientais no 3º EDEA

Disponível em: http://www.jornalagora.com.br/site/content/noticias/detalhe.php?e=1&n=11409

As crises ambientais, cada vez mais comuns nos noticiários brasileiros, são resultado dos fenômenos próprios da natureza, mas também da ação irresponsável do homem em relação ao meio ambiente. Recentemente as chuvas causaram na região sul do estado inúmeras perdas humanas e materiais, que seriam amenizadas com um melhor relacionamento entre o homem e a natureza.
O 3º Encontro e Diálogos com a Educação Ambiental, que acontecerá de 11 a 14 de maio, no CIDEC-SUL, localizado no Campus Carreiros da FURG, pretende colocar em pauta as tragédias ligadas as questões ambientais e o papel da educação como prevenção a tais acontecimentos.

A nova educação ambiental


É enganoso o senso comum de que os ambientalistas tratam especificamente da conservação da natureza, animal e vegetal, em um viés biológico. Uma das propostas do 3º EDEA é romper com essa idéia, mostrando para a comunidade em geral que a educação ambiental pensa o homem como parte da natureza e não como um ser isolado.
A educação ambiental não deseja separar a natureza do contado com o homem para preservá-la, mas sim, estabelecer através da educação a melhor forma de convivência entre eles. Segundo a organização do evento, “o meio ambiente é um híbrido entre a ação social do homem e a beleza da natureza. Queremos é educar e sermos educados para compreender e respeitar a natureza em um convívio saudável e harmonioso”.
O 3º EDEA pretende mostrar através do diálogo entre a universidade e a comunidade que é possível promover a dignidade do homem e da natureza através de gestos simples da vida cotidiana como, por exemplo, através da separação do lixo, assim como por meio de políticas públicas de grande alcance social.

O calendário e os convidados


Inúmeras são as atividades que serão realizadas no 3º EDEA. Quarta-feira, dia 11, a abertura do evento contará com a conferência da professora Ana Dominguez da Universidade da República – Uruguai, intitulada Desafios atuais da Educação Ambiental. Em um amplo apanhado serão traçadas as linhas fundamentais do debate entorno da educação ambiental contemporânea.
Nesse mesmo dia será promovida uma mostra de vídeos ambientais organizada pelo professor Cláudio Azevedo, onde serão veiculados produções dos alunos do Programa de Pós-Graduação em Educação Ambiental (PPGEA) da FURG e outros que abordam o tema ambiental.

Quinta-feira, segundo dia do evento, a psicologia invade o evento com a palestra Abrindo a Caixa Preta da P-36: A intervenção das três ecologias na catástrofe sócio-ambiental, ministrada pelo professor Eduardo Losicer. Losicer possui grande experiência na análise da psicologia-institucional com relação aos trabalhadores das plataformas petrolíferas e dos conflitos ambientais em que estão envolvidos, paradigma em que a cidade do Rio Grande começa a se inserir através da consolidação do Pólo Naval.
Após, o professor Ney Bruck apresentará a palestra A psicologia na e da emergência, onde tratará dos efeitos psicológicos sobre as populações vítimas de desastres ambientais, como deslizamentos, inundações, terremotos, entre outros fenômenos cada vez mais recorrentes nos noticiários internacionais e nacionais.

Sexta-feira serão debatidos assuntos vinculados a educação ambiental formal e informal. Os professores Antônio Soler e Sussana Molon debateram práticas para a promoção da questão ambiental na escola e fora dela, como no espaço doméstico, nas associações de bairro, nos locais de trabalho, conselhos municipais, fazendo notar que a necessidade da educação ambiental é uma responsabilidade coletiva da qual todos nós temos um papel a cumprir.


No sábado ocorrerá uma saída de campo até a Ilha dos Marinheiros. A saída de campo contará com inúmeros pesquisadores do Programa de Pós-Graduação em Educação Ambiental da FURG, que dialogarão sobre o ecossistema costeiro e os projetos ambientais implementados na região.


Durante o evento ocorreram apresentações de posters, rodas de conversas onde serão apresentados pesquisas relacionadas à educação ambiental e oficinas voltadas práticas ambientais no dia-a-dia. Diversas apresentações culturais permearam as tardes e noites do evento, entre elas: Instrumental Sinfonia Trio, Grupo Teatral Chá de Alecrim, Marquinhos Brasil e Banda. Ficarão permanentemente ao longo do evento as exposições Memória in Vitro - Profa. Teresa Lenzi (ILA/FURG), Marés - Daniela Karg, Pedro Karg e Nara Figueiredo, LAPIS - Profa. Virgínia Machado (PPGEA/FURG) e Grupos de Economia Solidária, GAB: Grupo de Artesãs da Barra, Deguste, UPA: Unidas pela Arte, Grupo de Geração de Renda, CRAS - Cidade de Águeda; assim como as ONG's Vira-Latas e Corações, Grupo pela Abolição do Especismo (GAE-RG), SOS Animais.


Onde e quando?

A terceira edição do Encontro e Diálogos com a Educação Ambiental acontecerá de 11 a 14 de maio, no CIDEC- SUL, localizado no Campus Carreiros da FURG. O tema deste ano, Semeando Ideias, Colhendo Diálogos é um convite ao diálogo continuado, que transcenda o espaço da universidade e que possa ser de fato “colhido” no dia-a-dia das relações ambientais.

Como participar?


As inscrições para participantes no 3º EDEA podem ser feitas através do blog
http://edeafurg.blogspot.com ou direitamente no local do evento. Os interessados ainda encontrarão no blog do 3º EDEA diversas informações sobre o histórico do evento, programação completa, vídeos ambientais e links relacionados à educação ambiental.

6 de mai de 2011

Horário e local das oficinas

Estão disponíveis os horários e locais das oficinas que serão ministradas no 3º EDEA.

As inscrições serão realizadas no momento do credenciamento.

Horário e local de apresentação de trabalhos

Já está disponível a lista com o local de apresentação dos trabalhos orais no 3º EDEA.  As apresentações serão simultâneas, todas iniciando às 13h30min de sexta (dia 13/05). Baixe aqui a listagem com as salas e grupos que se apresentarão nas rodas de diálogo.
Cada apresentador terá 10 minutos para expor o trabalho. Assim que todos os artigos forem apresentados, será aberta a sessão de diálogos entre os expositores e o público ouvinte.

 
As apresentações na modalidade pôster ocorrerão em dois horários: às 8h30min de quinta-feira e às 19h de sexta-feira. Fica a critério de cada participante o melhor horário para se apresentar, bastante comparecer à sessão de banners em um dos horários indicados.

4 de mai de 2011

Programa de Voluntários(as) do 3º EDEA

A Comissão Organizadora do 3º Encontro e Diálogos com a Educação Ambiental, em parceria com a Coordenação do Programa, vem através deste, informar sobre o programa de voluntariado do referido Evento.

As atividades serão desenvolvidas pelo/a interessado/a na parte operacional como suporte às demandas ao longo do evento, ou seja, na recepção, no credenciamento, no coffee break, nos momentos culturais, dentre outras.

A carga horária fica a critério do/a voluntário/a e pode ser indicada na ficha de inscrição. 
Faça o download da ficha AQUI e envie para tiago_fsantos@yahoo.com.br:  

A participação como voluntário garante certificado como colaborador/a do Evento.

Maiores informações também podem ser obtidas pelo email: tiago_fsantos@yahoo.com.br

Desde já, agradecemos a solicitude!


Comissão Organizadora do 3º EDEA - Encontro e Diálogos com a EA
Semeando ideias, colhendo diálogos.

3 de mai de 2011

Nossos Apoiadores

Clique na imagem para ampliar.

Boutique EDEA: Camisetas

Interessados em adquirir a camiseta do 3º EDEA podem entrar em contato através do email edeafurg@gmail.com. (Sujeito à disponibilidade em estoque)

Clique na imagem para ampliar.

Disponíveis nos tamanhos P, M, G e GG.
Branca com a identidade visual do evento em cores.
Tecido 100% viscose.
Valor: R$ 16,00

2 de mai de 2011

EDEA em diferentes rincões do planeta!


Em sondagem dos acessos ao blog, a comissão organizadora do 3º EDEA encontrou um interessante panorama em relação a estes visitantes. As mais de 17 mil visitas contam com 108 acessos originados de Portugal, 85 dos Estados Unidos e 17 da Hungria. A seguir uma tabela com alguns indicadores.

MTSLivros/FURG confirma participação no 3º EDEA

A proposta das Trocas Solidárias preconiza o desenvolvimento comunitário, as ações coletivas e a cooperação entre as pessoas, colocando os seres humanos como sujeito e finalidade da atividade econômica e, por conseqüência questiona o atual modo de produção e sistema monetário. Nesse sentido, elas estimulam novas práticas de consumo, propondo a sociedade consumir não apenas por gosto, mas como um ato ético e político. Dentro dessa perspectiva o Mercado de Trocas Solidárias de Livros da FURG (MTSLivros/FURG) é um resultado direto desse trabalho, que funciona desde 2006, e resulta do projeto Trocas Solidárias que existe desde 2003, ambos vinculados ao NUDESE da PROEXC. O MTSLivros/FURG, por meio da estruturação de um espaço solidário de integração, oferece a possibilidade de acesso ao conhecimento e leitura, tanto para comunidade universitária, como para a comunidade em geral, criando a oportunidade de aquisição de livros e revistas a partir da troca, seja ela direta ou por moeda social.
 Dentro dessa lógica o MTSLivros/FURG  tem por objetivos: estimular a leitura e facilitar o acesso a livros e revistas sem o uso do dinheiro oficial, possibilitando a circulação do conhecimento por meio da troca de um livro já lido, por outro. Esse resgate da troca ou do escambo como solução para o enfrentamento das escassezes possibilita a satisfação de necessidades imediatas, nesse caso de leitura.
Para desenvolvimento das atividades, o projeto utiliza metodologias participativas, baseadas em dinâmica grupal explícita e no método ação-reflexão-ação. O trabalho é desenvolvido por uma equipe interdisciplinar, onde todos os membros participam de todas etapas do trabalho, alternando funções e permitindo o exercício da autogestão.